Quinta-feira, 17 de Fevereiro de 2011

afinal parece que

o conceito de Democracia, para tipos como o Pacheco Pereira é como a cor dos modelos T para Henry Ford: "podem escolher a cor que quiserem, desde que seja preto".

 

Pois é. A CIA mentiu sobre os motivos que levaram à invasão do Iraque (que novidade), baseados nas mentiras (pelos vistos já sobejamente conhecidas) de um tipo que diz que derrubar um tiranete justifica a morte de muitos milhares de seus conterrâneos, fome, miséria, ocupação estrangeira, terrorismo e funtamentalismo religioso (como alternativa a ser um tretas patológico). Pois.

 

Das duas uma: ou a CIA é o mais imbecil e incompetente serviço secreto do mundo (o termo "intelligence" reveste-se, aqui, de um certo humor) ou então estava a par de tudo e decidiu dar uma ajudinha aos accionistas das empresas de armamento, petróleo e contrução que chafurdam (ainda) no Iraque e que por coincidência financiaram a campanha do então presidente.

 

Por cá, tal como lá, ou como em todo o lado, para o efeito, a direita agarrou-se a esta guerra como se estivesse a jogar ao bate-pé. Aparentemente, as democracias podem mentir, enganar e enviar cidadãos para guerras de legalidade, no mínimo, duvidosa, desde que tal sirva os desígnios de poucos e, acima de tudo, chateie a "esquerda".  Quem quer que seja. Faz lembrar fantasmas antigos: antes das purgas de Estaline, os comunistas eram injuriosamente apelidados de "pacifistas" e, pior ainda, de "promotores do amor-livre". Lembro-me que na altura foi muito interessante ler a crónica deste senhor Pacheco, respondendo ao escritor Mia Couto, muito ou pouco comunista mas bastante pacifista. Para quem a leu, fica claro o verdadeiro significado de Democracia para a massa intelectual de direita. Pode propagandear alarvidades militaristas e outras tretas, prender sem justa causa, torturar, matar e ainda exigir aos contribuintes que paguem tudo isso. Em nome de mentiras convenientes. Considerando a enorme vantagem financeira que alguém arrecadou com esta (e outras) guerras, o termo capitalistamente correcto a aplicar a este caso é "empreendedorismo" de sucesso.


publicado por Harpad às 21:49
link do post | comentar | favorito

.Mas, afinal, quem é esta besta?

.Contactar o provedor



.Pesquisar

 

.Setembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.Tópicos recentes

. a grande desinformação ci...

. the conspiracy against Eu...

. ecce homo

. ...uma questão:

. ...epá... maior discrição...

. a era da estupidez - 5

. a era da estupidez - 4

. something for the Europea...

. behold the great anglo-sa...

. ...vive la France...

.Velharias

. Setembro 2014

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Maio 2010

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Janeiro 2009

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

.Anúncios














.Contagem de vítimas


Harpad© 2014