Quinta-feira, 5 de Abril de 2012

circo

e o ceú pariu um número
os padrecos querem vê-lo no rebanho
a polícia deu-lhe uma bastonada pelosimpelonão
governo e sindicatos dizem que é diferente
gente numa assembleia que só lá está para fazer número
não sabedoquesetrata
e os jornais cheios de séria gente de negócios
que posa de braços cruzados e meio sorriso na boca
e que falam de números e de terras
que não conhecem como se fossem números
e de números que são pessoas e de
pessoas que afinal não passam de números
e que estão contentes por serem números mesmo
que lhes tirem uns quantos zeros porque afinal
doisedoisnãosão quatro são o que os senhores e
senhoras de braços cruzados nos jornais dizem
e há quem seja um número de revista
uma boneca de plástico sem sítio na cabeça onde
colocar tanto ou tãopouco número que dizem que tem
os números certos para quem não sei
e há quem apareça porque tem uma data de letras no nome
mais do que tu mais do que eu e quem
seja capa de revista porque é uma vaca que pariu
uma data de vitelos alimentados por um senhor
que apareceu num jornal de braços cruzados e
mais quem tenha aumentado as tetas duas vezes
e há quem tinha a v i d a feita num número de circo
e
resumida a um número numa fila de espera para que lhe
digam que não há trabalho
assim dizem os números
mudedevocação
e agora fazes parte de mais um número
e chegas a casa e não há pão em número que chegue
e as contas têm demasiados algarismos
será que na casa dos senhores de braços cruzados e sorriso
de triunfo se passa o mesmo
divorcias-te e passas para uma outra lista de números
por favor morre não adoeças que lá vêm mais números
nem envelheças não aumentes esse número mais morto
que os mortos ninguém quer esperar que os velhos morram
num banco de jardim
não sejas jovem não sejas adulto
sê um número
e números e números e números
tivesse eu ao menos os números certos para poder aparecer
em capas de jornais e revista
e não precisaria de fazer tantas contas

mas acautela-te
tal como aprendi num banco de escola
diante de números que pouco me diziam
quantas vezes tremeu o homem do leme
e novevezesdoisdezoito
e doismaisdois são mesmo quatro
nada vezes nada continua a ser nada
e eu estou farto de nada
e quero que tefodasfodasfodas três vezes
 
Harpad 2012
tags: ,

publicado por Harpad às 20:17
link do post | comentar | favorito

.Mas, afinal, quem é esta besta?

.Contactar o provedor



.Pesquisar

 

.Setembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.Tópicos recentes

. a grande desinformação ci...

. the conspiracy against Eu...

. ecce homo

. ...uma questão:

. ...epá... maior discrição...

. a era da estupidez - 5

. a era da estupidez - 4

. something for the Europea...

. behold the great anglo-sa...

. ...vive la France...

.Velharias

. Setembro 2014

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Maio 2010

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Janeiro 2009

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

.Anúncios














.Contagem de vítimas


Harpad© 2014