Quinta-feira, 16 de Julho de 2009

Porque nós merecemos

Aparentemente, os males do mundo foram gerados pelo Socras, essa mefistofélica encarnação. A crise, a inflação, a deflacção, a cripe do porco, das aves e de outros animais domésticos, da chuva, da seca, dos buracos no orçamento e na estrada. Estou convencido que fiquei sem acesso à Rede este fim-de-semana por culpa desse senhor. Disso e talvez um pouco de pé-de-atleta também. No PSD já se cheira a poder. Até a corja da Vintena Maravilha de empresários, génios de Portugal, já pôs as anteninhas de fora para atirar postas de pescada sobre como gerir o país, como se por acaso tivessem esses senhores sido eleitos por alguém e como se por acaso tivessem mais direito a expressão do que qualquer eleitor deste país. As pessoitas desta terra devem andar esquecidas, ou então serão burritas mesmo, assim se entende desde que elegeram a figurinha que nos serve de PR. Devem ter-se esquecido de quem inventou os recibos verdes. De quem enviou para o mais profundo dos oblívios a cultura e a ciência e de quem foi a célebre ministra da educação que, anos antes da maluquinha com problemas hormonais (e não só) que rege tão importante pasta (e o seu respectivo cão de guarda) cilindrou a voz dos profesores e dos estudantes. Deve o povinho ter-se esquecido quem foi o governo que desperdiçou mundos e fundos da UE quando os havia em abundância para que ficássemos todos a ver países como a Espanha e a Irlanda passarem-nos à frente em todos os aspectos possíveis e imaginários. Lembremo-nos qual o partido que nos colocou na fotografia dos Açores. Quando dissermos que o Socras quer controlar os media lembremo-nos do Marques Mendes e os tão falados telefonemas para a RTP há uns anos atrás, caso que nunca foi explicado. O problema do actual PM é a arrogância? Não, meus caros a mais arrogante figurinha que tomou o poder nas últimas décadas é agora PR e na altura gostávamos tanto dele que lhe renovámos a maioria absoluta.

Os laranjinhas, entre conferências de imprensa a atacar o Socras, devem rezar a todos os anjinhos em agradecimento por não estarem no poder em plena crise económica internacional. Eles sabem, e melhor do que nós, povo bruto, alguma vez saberemos, que não têm qualquer resposta para a crise. Eles sabem, aliás, que se chegarem ao poder antes da crise passar Portugal enterrar-se-á de uma maneira de modo profunda que irá fazer do pós-Grande Guerra uma época de bonança. Sim, eles sabem. O PSD, no entanto, não é um verdadeiro partido político mas sim uma associação de cidadãos para benefício individual. O PSD existe para servir os seus militantes, não tem ideais nem verdadeiras ideias. Existe para distribuir tachos, cunhas e benefícios. Quem não acreditar que veja o que fazem antigos ministros e secretários de estado: quantos estão a liderar empresas privadas construídas com dinheiro dos contribuintes. Como já alguém disse, o PSD é um partido de poder, esta é a sua verdadeira identidade e razão de existência. O PS não é muito melhor, mas o termo "Socialista" pelo menos ainda tem o condão de atrair um ou outro medíocre com algumas preocupações sociais.

 

Pensemos, portanto, pensemos bem naquilo em que nos estamos a meter. No que me toca, não deposito esperança em seja o que for ou sem seja quem for. Ninguém se interessa e ninguém parece fazer uso do encéfalo. Até os americanos parecem tê-lo feito: eles entenderam o que se deve fazer quando ocorre uma crise do Capitalismo. Neste continente, pelo contrário, rumámos alegremente para a direita para gáudio de Merkels, Sarkozys, Browns, Berlusconis e até de Durões, uma amostra dos mais medíocres líderes que a Europa conseguiu parir em muito, muito tempo. Pensando bem, se calhar merecemos tudo aquilo que nos cai em cima. Nós cá da aldeia e o resto dos europeus.


publicado por Harpad às 00:37
link do post | comentar | favorito

.Mas, afinal, quem é esta besta?

.Contactar o provedor



.Pesquisar

 

.Setembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.Tópicos recentes

. a grande desinformação ci...

. the conspiracy against Eu...

. ecce homo

. ...uma questão:

. ...epá... maior discrição...

. a era da estupidez - 5

. a era da estupidez - 4

. something for the Europea...

. behold the great anglo-sa...

. ...vive la France...

.Velharias

. Setembro 2014

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Maio 2010

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Janeiro 2009

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

.Anúncios














.Contagem de vítimas


Harpad© 2014