Quarta-feira, 11 de Abril de 2012

A era da estupidez - 2

... sacanas!... e não é que esta canalha quer viver mais do que recomenda o FMI?...

 

De acordo com o El País, 'El FMI pide bajar pensiones por "el riesgo de que la gente viva más de lo esperado".'

 

não pode ser não pode não pode não pode não pode não pode não pode não pode não pode não não não não pode ser não pode não é possível não pode não pode

 

não                                                  NÃO

 

po                      PO                                     DE

 

de                                     

                                           SER                                      !!!

ser

 

 

Mein Gott!

 

боже мой!

 

Mon Dieu!

 

Oh my God!

 

Dios mio!

 

Valha-nos Cristo!

 

Ω Θεέ μου!


publicado por Harpad às 23:05
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 12 de Abril de 2011

o asco - 1

Afinal, parece que o governo caiu, o FMI entrou e que o povo português vai pagar ainda mais a crise. Porquê?

Ora vejamos:

 

 

1) o Coelho Laranja disse em primeiro lugar que o PEC IV era muito mau para o, já de si bastamente massacrado, Zé Povinho. Falso. Disse ele depois que, afinal, o PEC não só é bonzito como ainda vai implementar ainda mais austeridade, ao gosto do FMI.

 

2) O Coelho Laranja disse estar muito ofendido porque o Sócrates nada lhe tinha dito sobre o PEC IV antes de o apresentar à Europa. Falso. Afinal, foi chamado a São Bento para o efeito.

 

 

Fantástico!

 

O PSD ainda nem ganhou eleições e já mente descaradamente aos portugueses. Isto, meus caros, é puro talento.


publicado por Harpad às 23:05
link do post | comentar | favorito
Domingo, 27 de Março de 2011

afinal, para quê?

Para quê, afinal, eis a questão. Logo a seguir à telenovela do PEC IV, o PSD já assumiu perante a UE que o vai cumprir e que está disposto a adicionar mais medidas ainda. Foi para isto que, com a plácida (mas calculada) conivência dos partidos ditos "de esquerda" do parlamento, se deixou o país à mercê do FMI, do BCE e dos especuladores? Foi para isto que as agências de rating (que um dia gostaria que me explicassem exactamente quem são e a serviço de quem) nos pregaram mais um prego no caixão? Eu, e todos os que se deram a esse trabalho, ouvi o senhor Coelho a criticar o PEC IV pela abusiva austeridade que irá impôr aos portugueses. Pelos vistos, esse discurso durou até à demissão do governo. Antes, contudo, já tinha assistido à senhora Ferreira Leite dirigir-se ao Parlamento dizendo que "estas medidas" podem não ser más "nas mãos de outro governo" que "inspire mais confiança". Confiança a quem e porquê?

 

Parece-me que os portugueses não entenderam, ou não querem entender, o que realmente está em jogo. O laranjal quer o FMI. Quere-o porque é o pretexto perfeito para a aplicação das medidas que há muito almejam: extinguir os serviços públicos e transformá-los em negócios, aumentar ainda mais a precariedade dos trabalhadores em nome da competitividade (já se falou em contratos "orais", baixar o ordenado mínimo, acabar com o 13º mês, facilitar os despedimentos) e aumentar o IVA. Juntem-se mais algumas medidas inevitáveis a que o FMI nos vai obrigar, como por exemplo obrigar os bancos a dificultar o acesso ao crédito, em nome da saúde da banca (imagine-se o resultado para as pequenas é médias empresas e para o português comum).

 

A avaliar pelas sondagens com que o jornaleirismo sabujo prontamente nos prendou logo a seguir à demissão do PM, penso que pelo menos metade de nós ainda não percebeu que a qualidade de vida que ainda tem vai desaparecer dentro de um ano ou menos. A curto prazo, acabou-se o carrinho novo, o sofá a crédito e o T3 em Loures. Acabaram-se as feriazinhas na Caparica, o ecrã de plasma e a televisão por cabo com os suplementares canais de desporto. A médio prazo, acabou-se o pão na mesa. Talvez então entendamos.

 

A culpa é do Sócrates? Não, a culpa é nossa; principalmente dos que têm saudades de Salazar porque nesses tempos pouco se pensava, com o pretexto de que era proibido.


publicado por Harpad às 22:29
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 22 de Março de 2011

e eles que até já salivam

A imprensa está radiante, amanhã poderá ter a vitória que há tanto almeja: a demissão do governo. Demorou, diga-se. Tem sido uma batalha árdua desde a estória do inglês técnico. A ideia é simples: o povo vota, os jornaleiros decidem quem realmente fica. A grande ilusão, contudo, fica para aqueles que verdeiramente salivam de tanta fome de poder: o PSD, evidentemente. Compadeçamo-nos com toda a justiça, afinal, os pobrezitos filiaram-se num partido esperando tirar dividendos e acabam em anos de fome de poder. Julga o Grande Coelho Laranja (GCL) que vai encontrar o paraíso: o governo demite-se, ele ganha as eleições com as melhores condições de governo laranja possível: um presidente da mesma cor, na melhor das hipóteses um amigo e na pior o inútil que tem sido; o FMI a puxar as verdadeiras cordas do país e as culpas de tudo a serem arremessadas sobre o Sócrates e compadrio.

 

Engana-se. Em primeiro lugar, o PEC não está sujeito a votação e o PM tem autoridade para passar por cima dos partidos da oposição e aprová-lo na mesma. Crise política pode surgir depois, é verdade, mas irá provavelmente aumentar em proporção inversa à popularidade do GCL, incluindo dentro do seu próprio partido. Pode também acontecer que os portugueses não sejam tão burros quanto o GCL pensa e realmente percebam que, com FMIs, a sua qualidade de vida vai cair no abismo em nome da dívida, da flexibilização do trabalho e artimanhas afins sem mais utilidade que aumentar a margem de lucro dos urubus do costume. Podem também começar a perceber que o PSD foi o partido que nos transformou no paraíso de mão-de-obra barata e dos recibos verdes, na época dos Cavacos, em que o dinheiro da CEE caía a rodos para que deixássemos de produzir o quer que seja que competisse com os alemães. Pode ser também que os portugueses percebem que o GCL pouco mais é do que um betinho sem carreira de qualquer género, de pobre formação académica (outro!), demagogo e sem ideias. Enfim, mais um menino jotinha e janota.

 

Mas pode ser o governo caia e que o GCL ganhe eleições. Nesse caso, vejamos: não terá maioria absoluta e verá a vida infernizada pela oposição. Verá a manifestação dos "à rasca" multiplicada por mil, principalmente se fizer com que o FMI cá entre e, ainda por cima (ha ha ha) terá de aplicar o PEC IV na mesma, porque Bruxelas já disse que a coisa está bem assim e não é para mexer (não tem graça mas um pouco de sarcasmo não mata). 

 

Dou-lhe seis meses. Para nosso bem e talvez para bem dele próprio. A fominha de poder dos PSDs é de tal ordem que, em vez de deixarem o PS governar e atolar-se na contestação mas, pelo menos, livrar-nos do absoluto desastre económico e social, querem já enfiar-se no mesmo atoleiro. Quem perde somos nós, rascas ou não, mas sempre à rasquinha. 


publicado por Harpad às 21:55
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 10 de Janeiro de 2011

Abram a pestana, seus camelos

Abram os olhinhos e abram-nos bem: estamos à beira de ser ocupados, escravizados e manipulados por interesses privados estrangeiros. Imaginem perder tudo o que andaram a construir e a poupar, tudo pelo que lutaram a vossa vida inteira às mãos de especuladores: os vossos negócios, as vossas carreiras, a segurança das vossas reformas e o conforto e a educação dos vossos filhos! Para quê? Para que os muito ricos não tenham de pagar a crise, para satisfazer a ganância dos que especulam com as nossas vidas, para enfiar no poleiro do poder os Passos Coelho deste país!

Abram os olhos, seus carneiros! Vejam bem a ilusão que vos vendem faz décadas, a ilusão do Capitalismo onde tudo é possível desde que se endividem até ao tutano dos ossos para lucro de poucos. Vejam bem se sofrem com a crise os ricos e poderosos. Vejam bem se o comércio de bens de luxo foi afectado e perceberão que são vocês, carneiros de classe média, que têm de alombar com as consequências, à escala mundial, da contínua sangria de capital dos mercados para os bolsos de muito, muito poucos.


publicado por Harpad às 22:28
link do post | comentar | favorito

.Mas, afinal, quem é esta besta?

.Contactar o provedor



.Pesquisar

 

.Setembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.Tópicos recentes

. A era da estupidez - 2

. o asco - 1

. afinal, para quê?

. e eles que até já salivam

. Abram a pestana, seus cam...

.Velharias

. Setembro 2014

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Maio 2010

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Janeiro 2009

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

.Anúncios














.Contagem de vítimas


Harpad© 2014